MEDICINA PREVENTIVA: OS PERIGOS DO CLIMA SECO

    OS PERIGOS DO CLIMA SECO

    OS PERIGOS DO CLIMA SECO

     

    Nas últimas semanas, a maioria dos estados brasileiros  estão sofrendo com o clima seco intensificado pela falta de chuvas e aumento no nível de poluição no ar, principalmente as regiões sul, sudeste e centro oeste. Para a população, além do calor e baixa umidade do ar é preciso atenção para evitar o agravamento de doenças respiratórias.

    De acordo com a Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia, níveis de umidade relativa do ar entre 20%  e 30% representam estado de atenção,  já taxas entre 20% a 12% condicionam estado de alerta. Abaixo destes níveis é decretado estado de emergência.

    Por isso, quanto menor for a umidade do ar, mais cuidados devem ser tomados para evitar complicações alérgicas e respiratórias.

    O ar que entra pelo nariz deve ser úmido,  para que seja filtrado na sequência. Com a umidade muito baixa, o ar chega ainda muito seco nos pulmões, dificulta a situação de quem sofre com problemas respiratórios como a asma, por exemplo.

     Tendo em vista os riscos do ar seco, confira algumas dicas para minimizar o impacto negativo dele no dia a dia:

    • Usar umidificadores de ar ou colocar uma vasilha com água ou toalha molhada no lugar onde irá dormir;
    • Manter a casa higienizada, arejada e ensolarada;
    • Tomar bastante líquido;
    • Evitar exposição prolongada a ambientes com ar-condicionado, já que este ajuda a ressecar o ambiente;
    • Realizar atividades físicas antes das 10h ou após 17h, quando o ar está mais úmido;
    • Forrar travesseiros e colchões com plástico, usar edredons ao invés de cobertores, retirar tapetes ou objetos que acumulem pó como livros, revistas, brinquedos de pelúcia e caixas;
    • Evitar produtos de limpeza com cheiros fortes;
    • Usar persianas laváveis;
    • Evitar plantas dentro da casa;
    • Não deixar ninguém fumar dentro de casa;
    • Usar roupas leves quando a temperatura estiver elevada;
    • Usar soro fisiológico para os olhos ou narinas se houver irritação;
    • Evitar animais dentro de casa.

     
     

    Todos os Direitos Resevados - Instituto Samprev 2016 - 906785146